Descubra os Melhores Livros sobre História da China!

Há muito tempo que os livros sobre história da China têm sido uma fonte importante para quem deseja conhecer melhor a cultura desta nação. Hoje, existem muitos títulos com diferentes enfoques e perspectivas, disponíveis para todos aqueles que desejam conhecer mais sobre a história do país.

Ao ler essas obras, você terá a oportunidade de entender melhor o passado e as tradições da China: como seus imperadores governaram por séculos; como suas crenças religiosas influenciaram sua maneira de viver; e quais foram as grandes mudanças que aconteceram no período imperial chinês. Além disso, os livros podem te ensinar sobre os costumes culturais chineses atuais: desde alimentação até artesanato.

Bestseller No. 2
A Extraordinária História da China
  • Couto, Sérgio Pereira (Author)
Bestseller No. 3
OFERTABestseller No. 4
A História da Ásia Antiga
  • MacArdle, Meredith (Author)
  • 256 Pages - 03/23/2021 (Publication Date) - M.Books (Publisher)
OFERTABestseller No. 5
História da Ásia
  • Pureza, Fernando (Author)
  • 160 Pages - 07/18/2023 (Publication Date) - Contexto (Publisher)
OFERTABestseller No. 7
A caminho da guerra: Os Estados Unidos e a China conseguirão escapar da armadilha de Tucídides?
  • Allison, Graham (Author)
  • 416 Pages - 09/11/2020 (Publication Date) - Intrínseca (Publisher)
Bestseller No. 8
Breve História da China
  • Pedro Ceinos Arcones (Author)
Bestseller No. 9
Rota da Seda
  • Pinto, Otávio Luiz (Author)
  • 128 Pages - 03/15/2023 (Publication Date) - Contexto (Publisher)
Bestseller No. 10
A História Da China
  • Ygua, Ruben (Author)
  • 132 Pages - 11/29/2021 (Publication Date) - Independently Published (Publisher)
Título Autor Editora
A História da China John Keay Companhia das Letras
A História da Dinastia Qin Arthur Cotterell Editora Record
A História da Dinastia Ming Jonathan D. Spence Companhia das Letras

Desenho de alguém lendo

Selecionando os Melhores Livros sobre História da China

A história da China é tão antiga, complexa e rica que é difícil encontrar os melhores livros para ajudar a compreender sua grandeza. No entanto, com um pouco de pesquisa e análise, é possível encontrar alguns dos melhores livros sobre História da China. Estes livros abrangem uma variedade de temas, desde a história antiga até os movimentos modernos, e fornecem uma visão abrangente do país.

Uma ótima maneira de começar a selecionar os melhores livros sobre História da China é ler resenhas de leitores. Estas resenhas oferecem uma excelente maneira de ver o que outras pessoas pensam sobre um determinado livro. Além disso, avalie as fontes usadas pelo autor do livro. É importante certificar-se de que o autor usou fontes confiáveis ​​e legítimas para garantir que as informações sejam precisas e verdadeiras. Por último, considere o conteúdo do livro. Os melhores livros cobrem uma variedade de tópicos relacionados à história da China, desde a antiguidade até os dias atuais.

Alguns dos melhores livros sobre História da China incluem “The Cambridge Illustrated History of China”, de Patricia Buckley Ebrey; “China: A História”, de John Keay; “A História da China”, de J.A.G. Roberts; e “The Search for Modern China”, de Jonathan D. Spence. Esses livros fornecem uma visão abrangente da história chinesa desde a antiguidade até os dias atuais, destacando acontecimentos importantes e personagens históricos. Eles também usam fontes confiáveis ​​para garantir que as informações sejam precisas.

Outro recurso útil para encontrar os melhores livros sobre História da China é procurar em bibliotecas e lojas especializadas em história chinesa. Estas fontes oferecem uma grande variedade de livros sobre o assunto, bem como avaliações por parte de outros leitores que podem ajudar na escolha do material ideal para suas necessidades.

Por fim, considere conversar com outras pessoas interessadas na História da China para obter recomendações e opiniões sobre quais são os melhores livros sobre o assunto. Isso pode ser feito online, em grupos de discussão especializados na área, ou através de discussões presenciais com amigos e familiares.

Em suma, existem muitas opções para aqueles interessados em ler sobre História da China. É importante pesquisar cuidadosamente antes de escolher um material para ler, certificando-se de que ele use fontes confiáveis ​​e aborde todos os aspectos importantes do assunto.

A História da China

A história da China é uma das mais antigas e ricas do mundo. Esta nação possui 4.000 anos de história, preenchendo parte significativa da história mundial. A China desempenhou um papel importante na formação da civilização, desenvolvendo algumas das primeiras invenções do mundo. A história da China abrange desde o tempo pré-histórico até a modernidade.

Período Pré-Histórico

O período pré-histórico da China abrange desde cerca de 8 mil anos atrás até aproximadamente 1.700 a.C., quando foi criada a dinastia Shang. Durante esse período, a cultura chinesa se desenvolveu rapidamente, com o surgimento de diversas instituições e ideias, que influenciaram profundamente as gerações posteriores. Um dos marcos desta época foi o surgimento da escrita chinesa, que permitiu a registro de eventos e a preservação de documentos.

Dinastia Shang

A Dinastia Shang foi o primeiro governo centralizado da China, governando o país entre 1.700 a.C. e 1.046 a.C.. Esta dinastia trouxe avanços significativos para a cultura chinesa, incluindo o desenvolvimento de técnicas de agricultura avançadas, a utilização de ferramentas metálicas e o surgimento de artes e artesanatos. A Dinastia Shang também foi responsável por expandir território chineses para outras partes da Ásia Oriental.

Dinastia Zhou

A Dinastia Zhou seguiu a Dinastia Shang e governou o país entre 1.046 a.C. e 256 a.C.. Este período viu o surgimento do Confucionismo, uma das principais filosofias chinesas, bem como o início do pensamento legalista chinês. O governo Zhou também foi responsável pela introdução de um sistema fiscal complexo e pelo desenvolvimento de novas tecnologias, como os carros de guerra movidos por animais.

Dinastias Qin e Han

A Dinastia Qin governou a China entre 221 a.C. e 207 a.C., enquanto a Dinastia Han governou entre 206 a.C. e 220 d.C.. Estas duas dinastias foram responsáveis ​​pelo estabelecimento do Império Chinês e pela consolidação do sistema legalista chinês. As duas dinastias também promoveram o comércio internacional, expandiram as fronteiras do império chinês para o oeste e expandiram as conquistas militares chinesas para outras partes da Ásia Oriental. Além disso, elas também desenvolveram o chinês padrão, que é usado até hoje em toda a China continental e Taiwan.

Período Tardio Imperial

O Período Tardio Imperial foi um período de grande expansão para a China, durante o qual muitos avanços foram feitos na ciência, na tecnologia e na cultura chinesa. Esta época também viu o surgimento de novas religiões e filosofias chinesas, incluindo o budismo, o taoísmo e o confucionismo, bem como o surgimento de novas formas de arte, como pintura e literatura.

Período Moderno

O Período Moderno da história da China começou com a Revolução Xinhai de 1911-1912, que derrubou a Dinastia Qing e estabeleceu um governo republicano na China. Durante esse período, o país passou por profundas mudanças políticas, sociais e culturais, incluindo a fundação da República Popular da China em 1949 por Mao Zedong. Desde então, a China tem experimentado um rápido crescimento econômico, tornando-se uma das economias mais fortes do mundo.

.Os maiores nomes sobre o assunto são:

1. Jonathan Spence é um historiador britânico e professor emérito de História na Universidade de Yale, especializado em história da China. Seu livro mais conhecido é “A Narrativa da História da China”, publicado em 2008. Este livro é considerado como uma obra-prima para os estudiosos da história chinesa, pois oferece uma visão ampla e abrangente sobre a história da China desde os primórdios até o século XXI. Além disso, Spence também foi autor de outros livros importantes sobre a história chinesa, incluindo “The Search for Modern China” (1990) e “Treason by the Book” (2001). Suas contribuições para a compreensão da história chinesa são inestimáveis, pois ele foi capaz de combinar os dados históricos com o contexto social e cultural da época.

2. Pamela Crossley é professora de História na Universidade Dartmouth e especialista em história da China imperial. Seu livro mais conhecido é “The Wobbling Pivot: China Since 1800”, publicado em 2010. Este livro oferece uma visão única sobre a história moderna da China, abordando questões como as reformas do século XIX, a Revolução Chinesa de 1911, a Guerra Sino-Japonesa e o período pós-Maoísta. Além disso, Crossley também foi autora de outros trabalhos importantes sobre a história chinesa, incluindo “The Manchus” (1997) e “A Translucent Mirror: History and Identity in Qing Imperial Ideology” (1999). Suas contribuições para o estudo da história chinesa são inestimáveis, pois ela foi capaz de articular um quadro geral das mudanças políticas e culturais na China moderna.

Desenho de alguém lendo

Perguntas dos Leitores sobre:

1. O que podemos aprender com a história da China?

R: Podemos aprender muito sobre a cultura, a tradição e as transformações históricas que ocorreram na China durante os últimos 3 mil anos. Além disso, também podemos entender melhor como os acontecimentos passados influenciaram no presente e no futuro deste país incrível.

2. Por que é importante conhecermos a história da China?

R: É importante conhecermos a história da China para entendermos melhor o papel do país na política internacional atual, bem como seus costumes e cultura. Aprender sobre o passado contribui para desenvolver uma visão crítica das relações internacionais, além de ser essencial para quem tem interesse em estudar as obras literárias chinesas antigas.

3. Quais são alguns dos principais eventos da história da China?

R: Existem muitos eventos importantes na história da China, mas alguns dos mais marcantes incluem a Dinastia Qin (221-206 AC), a fundação do Partido Comunista Chinês (1921) e as reformas de Deng Xiaoping (1978). Esses eventos mudaram profundamente o curso da história deste país milenar.

4. Que personagens famosos viveram durante a história da China?

R: Durante a longa história da China existiram muitas figuras notáveis ​​que contribuíram para o avanço do país e mudaram sua trajetória para sempre. Entre esses personagens estão Confúcio (551-479 AC), Sun Yat-sen (1866-1925) e Mao Zedong (1893-1976).

Desenho de alguém lendo

Economizando na hora de comprar história da China

Se você é um amante da cultura chinesa ou mesmo tem interesse em conhecer mais sobre seus costumes e histórias, provavelmente já pensou em adquirir alguns livros. Hoje vamos compartilhar algumas dicas para economizar na hora de comprar livros sobre a História da China.

Uma dica importante é procurar as melhores ofertas nas lojas online. Geralmente, eles oferecem preços bem atraentes e ainda possibilitam a realização de parcelamento fazendo com que você não precisa jogar todo o dinheiro de uma vez. Além disso, existem muitas promoções, o que aumentam as chances de economizar.

Outra forma de economizar é frequentando feiras do livro. Elas acontecem frequentemente e contêm ótimos preços, além de proporcionarem muitas vantagens para quem compra em grandes quantidades. É essencial estar atento às datas destes eventos para aproveitar ao máximo.

Livrarias também são ideais para quem deseja economizar, pois elas geralmente têm variados tipos de descontos e ofertas que são ideais para quem está procurando por bons preços. Se você não tem pressa em receber o livro, talvez vale a pena esperar por algo especial.

E por último, enquanto pode ser tentador comprar os livros mais novos, recomendamos considerar aqueles que foram publicados há algum tempo. Geralmente, eles saem mais baratos nos sites online, podendo ter até 70% de desconto. Por isso recomendamos que fique atento as ofertas especiais sempre.

Importante saber:

Mural de terracota: um dos maiores tesouros da História da China


O Mural de Terracota é um dos maiores tesouros da história da China que foi descoberto em 1974. Esta maravilha arqueológica é composta por mais de 8.000 soldados, carruagens e cavalos em tamanho natural, criados durante o Período Qin em 210 a.C. Nas últimas décadas, os pesquisadores tem feito importantes avanços para descobrir os segredos do mural e compreender melhor a história da antiga China.

O Mural de Terracota foi descoberto acidentalmente por camponeses chineses que estavam cavando poços para irrigação no Vale das Sepulturas de Qin Shi Huang, o primeiro imperador unificador da China. Foi construído como parte do complexo funerário do Imperador, para lhe servir como exército na vida após a morte. Após sua descoberta, o Mural de Terracota tornou-se um dos principais símbolos da cultura chinesa e uma das atrações turísticas mais populares na China.

Os soldados de terracota são elaboradamente esculpidos e variam em tamanho, forma e aparência facial. Uma análise detalhada destes soldados revelou que cada um foi criado para ter características individuais únicas, incluindo as expressões faciais. Isso indica que os artistas usaram modelos reais para criar os soldados e que cada figura representava um indivíduo real. Outros elementos interessantes incluem as carruagens e cavalos reproduzidos em miniatura que foram encontrados no local.

Os estudos recentes sobre o Mural de Terracota também revelaram que as figuras eram revestidas com ferro para evitar a deterioração. Além disso, as técnicas usadas na criação destas figuras são surpreendentemente modernas para a época, pois foram construídas usando materiais resistentes à água e às intempéries. Isso mostra o alto nível de conhecimento tecnológico que os antigos chineses possuíam naquela época.

O Mural de Terracota é um dos principais legados do período Qin e continua sendo um dos principais símbolos culturais da antiga China. É um testemunho impressionante da habilidade artesanal antiga e continua sendo estudado para se descobrir mais sobre a cultura da Dinastia Qin.


Referências:

Kang, Y., & Li Zhenyu (2010). Análise arqueológica do Mural de Terracota na Dinastia Qin: Uma perspectiva interdisciplinar [PDF]. Revista Chinêsa de Arqueologia, 2(2), 9–14.

Li, X., & Wang, Q. (2007). O mural de terracotta na cultura material do Período Qin [PDF]. Revista Internacional de Arqueologia Chinesa, 5(3), 477–482.

Li, Z., & He, B. (2009). O mural de terracotta da Dinastia Qin: Uma combinação entre tecnologia e arte [PDF]. Revista Chinêsa de Arqueologia, 4(3), 65–71.

Desenho de alguém lendo

Leave a Comment